Primeiras impressões

Buenos Aires é um ótimo destino para brasileiros. O vôo dura aproximadamente 3 horas e possui vôo direto do RJ. É muito fácil se comunicar, a moeda está favorável e tem muitas opções (com ou sem crianças). Apesar do câmbio, os preços não estão muito convidativos, mas dá para pesquisar e achar boas compras.

A programação foi feita especialmente para minha filha e sua amiga, mas eu tentei incluir no roteiro uma noite livre para cada casal e tardes livres para os pais enquanto as meninas e as mães ficavam completamente perdidas na Barbie Store.

  • Periodo de estadia: 12/02/15 a 18/02/15
  • Temperatura: Mín. 27 graus e máx. 35 graus
  • Hotel: Galerias Hotel
  • Transporte: Táxi (cuidado com as notas falsas)
  • O que mudaria na viagem? Acho que não planejei bem a mala e esqueci vários ítens.
  • População: Os argentinos são hospitaleiros e gentis, mas tem que ficar atentos aos golpes, pois estão circulando muita moeda falsa.
  • Culinária: Carnes (consulte os restaurantes bem avaliados) e Alfajor
  • Ítem que amou ter levado na mala: sapatilhas confortáveis
  • O que sentiu falta? Adaptador de tomadas (esqueci o nosso em casa e tivemos que comprar outro lá)

Dia 1 - Recoleta

Chegamos na hora do almoço e decidimos deixar as malas no hotel e partir para a Recoleta para almoçar em um local sugerido pela pessoa que nos recebeu no aeroporto. O local estava fechado e fomos a um outro restaurante. Infelizmente não acertamos. A comida não estava saborosa.

Após o almoço, aproveitamos para visitar a Igreja do Pilar e passear pela feirinha local. Infelizmente não deu para conhecer o Museu "É proibido não tocar", pois estávamos com o horário apertado para o Show de Tango na Esquina Carlos Gardel. A Ester dormiria no quarto com a amiguinha e elas fariam a tão sonhada festa do pijama. 

Teatro Carlos Gardel

Este programa superou e MUITO as minhas expectativas. Eu já tinha ido a Buenos Aires, mas não tinha me animado a ir ao Show de Tango. Desta vez, fui convencida pela minha amiga a fazer o programa. 

Eu não havia me programado para ir a um show e portanto não tinha levado nada especial para a ocasião. Por sorte eu tinha levado um vestido longo de crochê que não estava no padrão da ocasião, mas não fez feio. Quando chegamos ao teatro fiquei maravilhada com a organização. O teatro era simplesmente lindo, locais devidamente reservados, comida agradável e um ótimo serviço. O Tango foi simplesmente um espetáculo indescritível. Valeu a noite. Voltamos por volta de 1h ao hotel exaustos e felizes. Rumo ao segundo dia cheio de novidades.

Dia 2 - Jardim Japonês, Barbie Store e Porto Madero

Na manhã do segundo dia fomos visitar o Jardim Japonês. As meninas adoraram dar comidas aos peixes. Elas até batizaram os peixes de franguinho e cenourinha. O jardim é bem agradável para um passeio em uma linda manhã de sol no verão ameno Argentino. Lá estava rolando uma exposição de desenhos em Mangá. Eu fiquei maravilhada com os desenhos e exposição com fotos dos personagens. Paramos para um lanchinho, pois as meninas estavam ansiosas para conhecer a Barbie Store que abria às 13h.

Chegamos adiantadas na Barbie Store e ficamos esperando na calçada para entrar. A loja estava vazia, pois era feriado em Buenos Aires e os preços não são lá convidativos. As meninas ficaram brincando no espaço da Barbie enquanto nós escolhíamos alguns presentinhos para elas. A criança tem a opção de ficar 30 minutos (40 pesos) ou 1 hora.

Fizemos uma pausa para tomar um chá na confeitaria. O bule vinha com a marca d´agua da Barbie. Tudo era muito lindo e de bom gosto. Tinha a opção de fazer um penteado no salão da Barbie, mas preferimos levar alguns presentinhos para elas.

Quando Ester saiu ela me convenceu que precisava de uma mochila, pois não era justo eu escolher para ela. Fazer o quê? Comprei mais uma mochila para ela (rs). Saímos cheias de sacolas e maravilhadas com o local. Acho que meu sonho de menina se realizou. A casa da Barbie em tamanho família.

À noite ainda fomos a um jantar no Porto Madero. As meninas se comportaram como umas princesas. Aproveitamos que o dia estava muito agradável e fomos dar um passeio pela ponte, pois quando eu fui da outra vez era inverno e não me animei a caminhar no frio. Voltamos ao hotel, pois no outro dia ainda tínhamos um dia repleto de programação.

  • Chá Barbie Store

    Enquanto as meninas se divertiam na Barbie Store minha amiga e eu fizemos uma pausa para um chá. Note nos detalhes do bule e xícara com o logo da Barbie.

  • Hall Barbie Store

    Eu acho este lustre incrível. Você pode ficar sentado apreciando a paisagem enquanto as meninas se divertem no salão ou na brinquedoteca.

  • Brinquedoteca Barbie Store

    Minha filha completamente maravilhada na brinquedoteca. The dream come true!

Dia 3: El Caminito, Museo de los Niños e Neverland

Após o café fomos dar um passeio rápido pelo El Caminito para fazer umas comprinhas de artesanato, tirar fotos e ver o tango tradicional nas ruas. Como já saímos um pouco tarde do hotel só ficamos umas 2 horas por lá e fomos ao Shopping Abasto para almoçar e ir ao Museo de Los Niños que abria às 13h.

O Museo é um espaço interativo para crianças conhecerem as profissões e funcionamento das coisas. A criança pode brincar de ser médico, dentista, jogador de futebol, radialista, ser capa de jornal, caixa de supermercado e muito mais. Além disso, tem um vaso e pia gigante onde a criança aprende sobre o funcionamento sanitário. Confesso que este foi a atração que as meninas mais gostaram. Literalmente foi difícil de tirá-las do vaso (rs). Além desta atração incomum tinha uma mini fábrica de leite, um container onde a criança poderia movimentar a carga para cima, baixo, direita e esquerda (claro que a carga era de espuma). Tinha uma área baby que é muito útil para quem está com um novo membro na família. Tudo lá é feito para as crianças e adulto não entra desacompanhado. A criança paga um ingresso de $ 95,00 pesos e adultos $ 35,00 (o valor em Real ficava aproximadamente R$ 40,00 para 1 adulto e 1 criança). Os pais ficaram batendo um papo no Shopping enquanto as mães e as meninas aproveitávamos a programação. O programa é imperdível!

Neverland é um parque similar ao Play Toy, mas posso dizer que ele ganha no estilo. O parque chama atenção pelas lâmpadas e detalhes dos seus brinquedos. Compramos um cartão de $ 150,00 pesos e cada criança escolheu o brinquedo que mais lhe agradava. Depois fomos a roda gigante para nos despedirmos. Valeu a pena ter ido ao Parque, pois ele fica localizado no mesmo Shopping do Museo de Los Niños. 

A noite as meninas ficaram no nosso quarto para a festa do pijama enquanto os nossos amigos foram curtir a sua noite livre. 

Porto Madero

Cemitério Recoleta

Museo de Los Niños

Jardim Japonês

Barbie Store

Dia 4- Zôo e Restaurante em Palermo Velho

Fomos passear no Zoológico da Cidade de Buenos Aires. Esse é o zoológico tradicional não é o de Luján que fica fora da cidade, onde você pode entrar na jaula com os felinos. O zoológico fica em um parque bem amplo e é bem cuidado. Você pode comprar ração e alimentar os animais. Tiramos muitas fotos e ficamos lá até umas 16h, pois eu estava um pouco resfriada e queria voltar ao hotel para descansar um pouco. 

A noite íamos a um restaurante tradicional de Parilla Argentina, mas como não reservamos com antecedência, não tinha mesa disponível. Éramos o quinto da fila de espera e o restaurante só liberava a reserva por volta de 21h. Achamos que ficaria muito tarde e desconfortável para as meninas. Resolvemos ir a outro restaurante Italiano que ficava em frente. O local era muito bonito, mas a comida não era tão boa.

O restaurante da Parilla fica na Rua José Antônio Cabrero, 5099. Reserve antes e chegue no horário, pois a fila de espera é enorme. Eu não experimentei a Parilla, mas a aparência realmente era atraente.

  • Zoológico de Buenos Aires

    Você pode comprar um copo de ração para alimentar os bichinhos. Diversão garantida com a criançada.

  • Carrossel

    Fizemos uma pausa para descansar e as meninas foram brincar neste lindo Carrossel de princesa.

  • Quer um peixinho?

    Você pode comprar peixinhos para dar aos lobos marinhos. É muito divertido quando a criança acerta bem na boca do lobo.

Dia 5: Calle Florida e retorno ao Rio de Janeiro

Aproveitamos o último dia para passear pela Rua Florida para fazer umas comprinhas e passear no Shopping Gallerias Pacífico. A maior parte das lojas estavam fechadas durante o período de carnaval e na quarta-feira o comércio estava funcionando a pleno vapor. É uma pena que tínhamos pouco tempo para pesquisar, mas deu para comprar umas peças de couro, lenços e lembrancinhas para os familiares e amigos.

Almoçamos em um restaurante tradicional de comida Argentina e matamos a vontade de comer uma boa parilla. O restaurante tinha um ótimo preço e um atendimento muito hospitaleiro. Retornamos ao hotel em cima da hora para o check out. Aproveitamos o tempo de espera para comprar algumas coisinhas no free shopping (apesar do dóllar não está com o câmbio favorável), vale a pena para comprar os lançamentos das grifes.

O vôo foi tranquilo e as meninas amaram a estadia em Buenos Aires. E nós também! 

O que não deu tempo de curtir...

A vida é feita de escolhas e infelizmente tiveram excelentes passeios que ficaram fora da programação. Segue a lista que decidimos não realizar:

  1. Museo Proibido No tocar: Apesar de termos considerado no nosso roteiro original, o museu fechou durante o feriado. Pelas consultas que fiz em outros blogs, acho que o museu é bem interessante. Ele fica localizado na Recoleta (Centro Cultural).
  2. Cidade das crianças: Este passeio foi indicado pelo atendente do Hotel. Como o passeio ficava em La Plata, achamos que ficaríamos com pouco tempo para curtir os demais programas.
  3. Passeio ao Tigre: Nós já tínhamos realizado este passeio quando fomos a Buenos Aires da última vez e achamos que não valia a pena repetir a programação. Tigre é um bairro (não tenho certeza da divisão administrativa) beira-rio muito organizada e bela. Tem um passeio de barco para conhecer este charmoso vilarejo.
  4. Passeio a Vila de Sacramento (Uruguai): Este passeio foi altamente recomendado por um amigo, mas como levava 1 hora e meia de barco, achamos melhor não realizar o passeio. Pelas fotos que ele me mostrou vale muito a pena! 

Espero que estas dicas sejam válidas para que você possa curtir um agradável passeio em Buenos Aires.