São Paulo no Carnaval

Decidi reservar um apartamento para passar o Carnaval/17 em Sampa. Nós já conhecíamos a cidade a trabalho ou visitando a nossa família que mora distante das atrações. Por isso, desta vez, optamos por alugar um apartamento próximo ao Centro de SP para curtir as atrações e ainda conciliar deliciosos e divertidos almoços com a família Paulista.

Período: Carnaval/17

Hospedagem: Aluguel de um apartamento pelo Airbnb em um bairro próximo ao centro de SP. O apartamento era muito confortável e o anfitrião extremamente atencioso. Todos os dias mandava dicas da cidade e respondia as mensagens bem rápido. Preferi este tipo de hospedagem, pois oferece estrutura para fazer um lanche rápido à noite e a criança fica com um quarto só para ela. Caso chovesse (o que ocorrreu) a família não fica confinada em um quarto.

Temperatura: 26º a 30º (mas chovia todas as noites). No primeiro dia choveu até granizo.

O que amou na cidade: A simpatia dos paulistas (achei as crianças abertas a novas amizades).

Ítem que esqueceu de levar na mala: Guarda-chuva, mas não fez falta pois no horário da chuva estávamos no apartamento.

Ítem que amou levar na mala: Patins e toalha de piquenique.

Meio de transporte: Carro e Uber (mas o Anfitrião havia deixado um cartão de transporte público caso necessitassemos utilizar).

O que fizemos na cidade:

  1. Kidzania
  2. Aquário de SP
  3. Catavento
  4. Pinacoteca
  5. Ibirapuera (andar de Patins)
  6. Passeio na Paulista até o Shopping

O que não conseguimos fazer:

  1. CCBB (fechado em função do Carnaval)
  2. Centro Cultural Itaú (fechado em função do Carnaval)
  3. Zoológico (deixamos para outra visita a cidade)
  4. Mercado Municipal (estávamos exaustos do passeio no Catavento e queríamos sentar em um restaurante e descansar)

Com esta lista de coisas que ficaram de fora já sabe que eu estou tentando encaixar um feriadão para voltar a Sampa, não é?